Cinemas do Paraiso: Almada


Os Cinemas do Paraiso não existem somente nas grandes cidades como Lisboa ou Porto...eles encontram-se espalhados pelo país, quer em estado útil, quer em estado terminal. Outros simplesmente persistem na memória dos apreciadores do cinema...e este blog tem como objectivo recuperar essas memórias e mostrá-las a quem não teve oportunidade de contacto com elas. Hoje ficamos por Almada.



Cine Teatro Academia de Instrução e Recreio Familiar Almadense - Fica situada na Rua Capitão Leitão, 64 e é uma colectividade que foi fundada em 1895. Desenvolve actividades em várias áreas como: Atletismo, Ginástica, Artes Marciais, Ballet, Dança, Teatro, Natação, Banda Filarmónica, etc.
Foi agraciada com o grau oficial da Ordem de Benemerência e considerada de Utilidade Pública em 27 de Outubro de 1978. É Medalha de Ouro da Cidade de Almada.
É também uma das salas mais modernas do país, com ecrã panorâmico de alta qualidade, equipamento de som de grande definição e capacidade para 830 lugares, com projeção permanente de filmes em cartaz e outros de elevado interesse cultural em sessões específicas.



Cine-Teatro Incrivel Almadense - Em 1848, no Pátio do Prior do Crato nascia a Sociedade Filarmónica Incrível Almadense - SFIA.
Importante na intervenção social e política, permitiu a reunião, o convívio, a discussão de ideias e a construção de sonhos e ideais. Ajudou a construir a Liberdade. Com ela nasceu a Banda Filarmónica, tendo inaugurado, em 1926, o primeiro edifício do Concelho para projecção de cinema, o Cine-Teatro com salão e plateia. O edifício sofreu algumas alterações ao longo do tempo, as últimas das quais foram realizadas em 1961 para instalar o Cinemascope. A fachada do edifício tem impressa uma estética modernista muito datada.  
Como outras colectividades centenárias, a Incrível tem várias ofertas culturais, recreativas e desportivas.
Foi agraciada com o grau oficial da Ordem de Benemerência e considerada de Utilidade Pública. É Medalha de Ouro da Cidade de Almada.



A zona da Trafaria também teve direito a um cinema, que foi inaugurado no inicio da década de 1920. Os seus momentos áureos foram vividos sobretudo nas décadas de 1940 e 1950. Este espaço sofreu um incêndio em 1929, tendo sido reconstruido nos anos 30.
Esta zona de pescadores obteve uma extraordinária dinâmica devido à visita dos veraneantes. As infraestruturas cresceram, os bairros residenciais e casas de férias foram construídos,  mas o cinema acabou por encerrar devido ao facto de estar localizado numa zona onde o pico da actividade económica é sazonal.

Fonte: http://www.jf-almada.pt/?c=5&sc=25&p=63

0 comentários:

 
Copyright 2009 Cinemas do Paraíso. All rights reserved.
Free WordPress Themes Presented by EZwpthemes.
Bloggerized by Miss Dothy