Cinema Promotora: o animatógrafo chega a Alcântara




Na segunda década do Séc. XX, o animatógrafo transformara-se no passatempo favorito dos lisboetas, contribuindo para o aparecimento de inúmeras salas dedicadas a este entretenimento. Geograficamente as salas deixaram de se situar exclusivamente no Chiado e passaram a localizar-se no eixo Rossio-Avenida da Liberdade, como também noutros bairros pitorescos da cidade como Alcântara, Graça, Estefânia, Alfama, Campo de Ourique, Poço do Bispo e Lapa. 
O Cinema Promotora, localizado bem no centro de Alcântara no Largo do Calvário, surgiu em 1912 no primeiro andar da Sociedade Promotora de Educação Popular (instituição fundada em 1904 e estabelecida neste local desde 1911). O edifício em questão era a antiga cocheira do Palácio Real e foi originalmente construído na segunda metade do séc. XVI.
Este espaço (para além de casa de ilustres residentes) foi utilizado numa vertente cultural, tendo em 1903 se instalado no local o Clube de Lisboa (também conhecido por Clube do Calvário), passando depois a Centro Marques Leitão, vindo a acolher finalmente a Sociedade Promotora de Educação Popular. 





No ano seguinte (e para fazer face aos encargos), a Promotora instalou no primeiro andar deste imóvel um cinema, apesar das instalações precárias.
Localizado numa zona deveras populosa, a gerência da Promotora resolveu proceder à construção de uma nova sala cinematográfica, de modo a fixar e ampliar o seu público, como também a garantir maiores rendimentos financeiros para possibilitar mais actividades culturais e educacionais dentro da colectividade.





Em 1929, a Promotora (presidida por Manuel Nunes Salvador) encetou a construção de um novo cinema dentro do próprio edifício da sede e no sector correspondente à parte posterior do mesmo, com entrada para o Largo do Calvário.
Com a aprovação feita pelas entidades competentes, o novo cinema foi inaugurado em 1930 possuindo uma sala ampla com uma plateia, 1º e 2º Balcão, tendo como lotação 480 lugares. 





No ano seguinte, este cinema foi equipado com aparelhagem Western Electric (na altura uma das marcas mais conceituadas de material de exibição), tornando-se assim num dos primeiros cinemas de bairro a oferecer ao público o filme sonoro.
Com o decorrer dos anos este espaço sofreu algumas alterações, tendo funcionado até aos meados da década de 1980.
Actualmente, continua a desenvolver a  actividade educativa funcionando no primeiro andar um externato. No rés-do-chão, está instalada a Videoteca, um pequeno auditório, uma ludoteca e uma biblioteca, especializadas em meios audiovisuais.






Fonte:
RIBEIRO, M. Félix, Os mais antigos cinemas de Lisboa, 1896-1939, Lisboa, Instituto Português de Cinema/Cinemateca Nacional, 1978
http://videoteca.cm-lisboa.pt/a-videoteca/instalacoes.html
http://marcasdasciencias.fc.ul.pt/pagina/fichas/objectos/categoria?id=386
http://cinemaaoscopos.blogspot.pt/2010/01/promotora-1912-1989.html

1 comentários:

Anónimo disse...

MESTRE DE QUÊ ??

É PRECISO DESMASCARAR ESTE SÉRIO FERNANDES EM QUE O PRÓPRIO SE AUTOINTITULA E ASSINA COMO MESTRE E SÁBIO DE CINEMA DO PORTO. UMA AUTENTICA FRAUDE.

Há um pseudo cineasta na cidade do Porto chamado Sério Fernandes, que não tendo as minimas habilitações é professor de " cinema " no Porto na escola ESAP, uma espécie de Edir Macedo dessa escola uma das maiores fraudes que alguma vez apareceu no Porto esse senhor e essa escola leva balurdios em dinheiro aos alunos de "cinema " saindo de lá sem saber absolutamente nada. Zero.

Esse senhor juntamente com os
seus amigos conseguiram infiltar-se no cineclube do Porto desviaram 60.000 euros doados pelo estado a fundo perdido para obras de remodelação do respectivo cineclube desapareceram deixando o cineclube completamente destruido e saqueado aberto há mais de 100 anos sem qualquer interrupão agora o mesmo morreu já não funciona tudo foi roubado só existe o imóvel completamente degradado ficando assim a cidade, as pessoas, e sócios privados de um cineclube que era modelar que nunca tinha encerrado ao longo de mais de 100 anos.

Esse senhor é um pseudo intelectual uma autentica fraude que se passeia pela cidade qual pavão sem ter o minimo discernimento daquilo que continua a fazer . Esse Sério Fernandes tem de ser desmascarado. Esse senhor é um
autentico

pf. visitem os facebocks.


AssérioFernandes faceboock

ou

Menes de ESAP faceboock



cumprimentos
Mário Silva.

 
Copyright 2009 Cinemas do Paraíso. All rights reserved.
Free WordPress Themes Presented by EZwpthemes.
Bloggerized by Miss Dothy