O mítico Apolo70




Depois de conturbada viagem até Ermesinde onde lá se encontra um velho cinema transformado em local para "chutar" para a veia, regresso ao meu berço que é Lisboa. E desta vez vou falar de uma mítica sala de cinema que se encontrava localizada num centro comercial e que, provavelmente, originou o aparecimento de muitas outras inseridas em outros tantos centros comerciais. Pois é...lembram-se da sala do Apolo 70?
Para quem é mais velhinho, o cinema Apolo 70 situava-se num centro comercial na Avª Júlio Dinis, uma tranversal próxima da Praça de Touros do Campo Pequeno. O centro comercial foi inaugurado em 26 de Maio de 1971, sendo na altura considerado o maior centro comercial da Europa, com uma área de 3000m, albergando 41 lojas, tais como: bowling de 4 pistas, restaurantes, charcutaria, sapataria, artesanato, papelaria, livraria discoteca, ouriversaria, perfumaria, etc. O seu aparecimento causou um grande impacto na vida lisboeta da altura e o seu nome honrava a primeira viagem do homem à lua.
Dentro deste espaço também existiu uma sala de cinema que ficou conhecida pela sua envolvência e pela qualidade da sua programação, sendo que na altura o seu coordenador era o escritor de teatro e cinema, e também realizador, Lauro António. O filme inaugural foi "O Vale do Fugitivo" (Tell them Willie Boy is here) de 1969, realizado por Abraham Polonsky e interpretado por Robert Redford.
Projectada pelo Arqt.º Augusto Silva com decoração de Paulo Guilherme, a sala dispunha de 300 lugares e estava equipada com aparelhagem Phillips de projecção para 35mm, ecrã normal e cinemascope.
A sala de cinema entretanto fechou em 1990, sendo substituída por um restaurante. Contudo, o centro comercial continua a operar actualmente, talvez sem o fulgor de outrora mas com a certeza que faz parte da cultura lisboeta.


0 comentários:

 
Copyright 2009 Cinemas do Paraíso. All rights reserved.
Free WordPress Themes Presented by EZwpthemes.
Bloggerized by Miss Dothy